Entre a Morte e a Ressurreição

O Sábado Santo é o dia do “grande silêncio”. Começa na noite da Sexta-feira da Paixão, com a pedra que rola para lacrar o túmulo do Senhor, e se encerra com a noite de hoje, quando a Igreja celebra a Ressurreição de Cristo. Neste intervalo de tempo em que o corpo de Jesus está sepultado, são duas realidades que se oferecem à nossa meditação.

A primeira é a descida de Jesus à mansão dos mortos. Enquanto o Seu cadáver repousa no sepulcro, a alma santíssima do Verbo encarnado desce à morada dos mortos para libertar os justos e conduzi-los ao Céu. Contemplando este mistério, somos chamados a unir-nos devotamente à alma bem-aventurada do Senhor, onde se encerram todo o amor e toda a sabedoria.

A segunda é a fé da Virgem Santíssima, a única que prevaleceu depois da morte do Senhor. Neste Sábado Santo, a Igreja como que se restringe à figura de Maria. Enquanto São João e as santas mulheres correm para o sepulcro para depreender de sua ausência a Ressurreição, a silenciosa Mãe de Deus creu sem ter visto. Neste dia, ela nos acompanha e fortalece a nossa fé.

A paz de Cristo à todos!
Por hoje é só!

Fonte: Padre Paulo Ricardo

11

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: