Indulgência parcial e plenária

Vimos em nossa matéria anterior o que é indulgência, hoje veremos que a indulgência pode ser parcial ou plenária.

A indulgência pode ser parcial ou plenária . A parcial, como o próprio nome já diz, nos libera, ou libera a alma do purgatório, parcialmente da pena devida pelo pecado. A indulgência plenária, por sua vez, apaga totalmente a pena temporal dos pecados já confessados. Percebemos que, para isso, é necessário acorrer-se ao sacramento da penitência. Na obtenção da indulgência plenária, em sufrágio pelas almas do Purgatório, uma alma é levada para o céu; mas somente Deus, em sua onisciência, saberá de quem. Assim, somos incentivador a rezar sempre, em favor dos vivos e dos mortos, pois, na comunhão dos santos, essas orações enriquecem o tesouro espiritual da Igreja, e ela, em sua ação mediadora, intercede por seus filhos diante de Deus, justo e misericordioso.

Objetivando resgatará dignidade do uso das indulgências, o Papa Paulo VI introduziu algumas informações na disciplina das indulgências e decidiu publicar novas normas e revogar todas as disposições em contrário. Em relação à indulgência parcial, foi abolida a antiga determinação por dias e anos. Quanto às indulgências plenárias, julgou-se oportuno reduzir convenientemente o número destas, para que os fiéis as apreciem de modo mais justo e preparem-se convenientemente para desfrutá-las.

Por hoje é só! Fiquem com Deus e até a próxima!

 

 

Fonte: O Detetive Católico

11

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: