O que é considerado heresia para a Igreja Católica?

Olá, povo de Deus!

A gente escuta muito falar sobre hereges, heresia, mas o que é considerado pela Santa Madre Igreja heresia? Esse é o assunto de hoje!

Para a Igreja Católica, heresia é a negação persistente, após a recepção do Batismo, de qualquer verdade que se deve crer com fé divina e católica, ou a dúvida persistente a respeito dessa verdade (CIC 2089). Heresia é uma interpretação, doutrina ou sistema teológico rejeitado como falso pela Igreja.

A maioria das heresias, para não dizer todas, nasceu de uma atitude orgulhosa de não aceitar as verdades anunciadas diante de concepções de novas “ideias”. Na realidade, na Igreja, já desde os primórdios, surgiram algumas cisões, que o apóstolo Paulo censurou e condenou com vigor. Dissensões mais amplas nasceram nos séculos posteriores. Comunidades não pequenas separaram-se da plena comunhão com a Igreja Católica, por vezes não sem culpa de homens de ambas as partes. As rupturas ferem a unidade do corpo de Cristo e não acontecem sem os pecados dos homens (CIC 465).

A Igreja sabe que nem sempre tudo está claro para todos, e é normal surgirem dúvidas. E ela se prontifica a esclarecer essas dúvidas. Isso acontece desde a origem da Igreja e acontecerá enquanto ela existir. No entanto, é importante que a busca de esclarecimento seja feita em atitude de humildade e respeito, pois as verdades professadas pela Igreja têm seu fundamento na Revelação divina, inscritas na Sagrada Escritura, na tradição e no Magistério da Igreja. As verdades professadas pela Igreja exigem o obséquio de nossa fé. Todavia, não podemos nos esquecer de que a própria fé é um dom de Deus, que nos foi dado na ocasião de nosso Batismo. Essa fé indica a aceitação das verdades reveladas e a confiança em Deus, cumpridor fiel de suas promessas.

A Igreja não exige de seus filhos uma “fé cega”, pois a fé “busca compreender” os caminhos e os ensinamentos de Deus. A fé constitui-se no elemento fundamental de toda a vida espiritual, sendo o primeiro contato do homem com as realidades divinas da Revelação. A própria Teologia existe em relação ao dom da fé, pois ela pressupõe a verdade da fé e esforça-se para demonstrar sua riqueza sem limite, tanto para a alegria espiritual da comunidade de crentes quanto para o serviço da missão evangelizadora. A Teologia é inteiramente derivada da fé, sendo praticada na dependência constante da fé vivida pelo povo de Deus, sob a orientação de seus pastores. Na verdade, só a fé permite que o teólogo possa atingir realmente o objeto da investigação teológica (Mensagem da Comissão Teológica Internacional por ocasião do Ano da Fé).

Por hoje é só! Fiquem com Deus!

 

 

Fonte: O Detetive Católico – Livro

11

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: