Advento

para-noticia-011

Aproxima-se um  novo tempo litúrgico para Igreja, o Advento!

A palavra “Advento” remete o sentido de “aproximação”, “vinda”. O Papa Emérito Bento XVI discorreu sobre o tema, afirmando que “pela palavra ‘Adventus’, pretendia-se dizer: Deus está aqui, Ele não se retirou do mundo, não nos deixou a sós”; “o significado da expressão ‘advento’ compreende então também o de visitatio, que quer dizer simples e diretamente ‘visita’; neste caso, trata-se de uma visita divina: Ele entra em minha vida e quer se dirigir a mim”.

Eis um tempo de esperança, de preparação espiritual para vinda de Cristo! Esse tempo litúrgico é dividido em duas partes. A primeira parte vai até o dia 16 de dezembro. Nela nos preparamos espiritualmente com esperança para segunda vinda de Jesus. Esse primeiro momento é propício para meditarmos de forma mais profunda nos novíssimos e na consideração do fim dos tempos, meditando na misericórdia e justiça divinas e no chamado à santidade. Já na segunda parte, pela proximidade do Natal, recorda-se o nascimento do Salvador, a sua primeira vinda! Nela recebemos um convite de buscarmos uma intimidade maior com a Sagrada Família, como nos disse Dom Javier Echevarría:

“Caminhemos, pois, em direção a Belém, muito unidos a Maria e José. Eles hão de ensinar-nos a tratar Jesus com carinho e delicadeza, a segui-lo e enamorar-nos dEle”.   

Que nós possamos viver bem todo esse tempo litúrgico para renovar a esperança e a alegria em nossos corações, além de estabelecer firmes propósitos para que todos nós possamos corresponder fielmente ao chamado de Deus, sendo santos no meio do mundo, anunciando a Boa Nova a todos, através de uma vida virtuosa na simplicidade do nosso cotidiano! A frequência nos sacramentos, a confissão e a Eucaristia; o tempo da Oração diária e outras práticas de piedade e de caridade irão nos ajudar a nos identificarmos mais com Cristo e a nos prepararmos melhor para a grande celebração que é o Natal e para nossa missão de santidade para vida toda!

advento-660x330

“Olhai e levantai as vossas cabeças porque está próxima a vossa redenção, lemos no Evangelho. O tempo do Advento é o tempo da esperança. Todo o panorama da nossa vocação cristã, a unidade de vida que tem como nervo a presença de Deus, Nosso Pai, pode e deve ser uma realidade diária”. (É Cristo que passa, 11)

Texto: Bianca Quevedo

1

DINÂMICA DO BARCO

Olá povo amado!
Para o nosso quadro de “Dinâmicas catequéticas” trouxemos algo especial para esse mês de outubro onde vamos falar sobre missões. Não é algo fácil. Vamos lá?

images-9

DINÂMICA: O Barco
O objetivo dessa dinâmica é aumentar a fé em Jesus; Conscientizar o ser missionário de cada um; VESTIR A CAMISA DE CRISTO.Você pode fazer com o número de pessoas que quiser tá bom? Tempo necessário para realização: 15 minutos

MATERIAL NECESSÁRIO:

Folha ofício para cada participante  e a Bíblia! E aí você começa a reflexão.
Vamos lá!

Somos chamados por Deus a vida, e esta nossa vida nós podemos representar como um barco que navega em alto mar. (Fazer o barco de papel – e mostrando como faz pra quem não sabe poder ver e copiar).

Há momentos da nossa vida que o  mar se mostra calmo, mas em muitos momentos nós navegamos por  tempestades que quase nos leva à naufragar. Para não corrermos o risco de naufragar precisamos equilibrar bem o peso de nosso barco. Devemos ver o que pode estar pesando dentro desse barco.

O barco pesa do lado direito. São as influências do mundo. Ex: Ambição, drogas, televisão, inveja, etc.

Vamos tirar de dentro do nosso barco tudo isso para que ele se equilibre novamente? Vamos lá? (Cortar a ponta do lado direito do barco).

Navegamos mais um pouco e de repente percebemos que o outro lado agora é que está pesado, precisamos tirar mais alguma coisa deste barco. Deste lado do barco está pesando: Egoísmo, infidelidade, impaciência, desamor, falta de oração, etc. (Cortar a ponta do lado esquerdo do barco).

Percebemos agora que existe uma parte do barco que aponta pra cima, essa parte representa a nossa fé em Jesus, nós queremos ter sempre dentro do nosso barco, esta nossa fé nós vamos guardar e cuidar com carinho para nos sustentar na nossa jornada.(Cortar a ponta de cima do barco e colocar em algum lugar visível).
E agora? Cortamos e cortamos e nem barco podemos mas chamar isso. Então vamos lá? Vamos abrir este nosso barco e ver como ficou? (Abrindo parece uma camisa).
Olha como ficou! Uma camisa! Rs
Esta é a camisa do Cristão, somos atletas de Cristo, e como bons atletas que somos temos que usar muito essa camisa para que nosso time sempre vença. É difícil, temos que sacrificar nossos desejos, abandonar as coisas do mundo, deixar de lado todo o peso que insistimos e carregar durante nossa vida. (colocar alguma coisa sobre o nosso dever de ser cristão).

Depois de suarmos esta camisa, nós podemos ter certeza disto.(Abrir a camisa e mostrar a cruz sinal da certeza da nossa Salvação).
Só conseguiremos esta salvação se assumirmos a proposta de Cristo (Olhando através da cruz podemos ver nosso próximo e entender suas necessidades)

Como vamos nos manter firmes nesta caminhada de cristão não deixando que nosso barco afunde. Temos que nos alimentar, e aqui  está o único e verdadeiro alimento para nossa alma, que nos faz fortes e perseverantes.
(Pegar aquela ponta de cima do barco que cortamos e separamos.
Esta pontinha! Mostrar e perguntar o que é,RESPOSTA: EUCARISTIA – Esta é a certeza que Jesus estará sempre dentro do nosso barco para enfrentar conosco qualquer tempestade).

Obs.: Os quatro pedaços de papel que retiramos da ponta do barco são os remos. Nós usamos dois remos e os outros dois remos são de Jesus que está sempre em toda nossa caminhada nos ajudando.

Para concluir a dinâmica vamos ler a palavra de Deus!

 “23 Então Jesus entrou na barca, e seus discípulos o acompanharam. 24 E eis que houve grande agitação no mar, de modo que a barca estava sendo coberta pelas ondas. Jesus, porém, estava dormindo. 25 Os discípulos se aproximaram e o acordaram, dizendo: «Senhor, salva – nos, porque estamos afundando!» 26 Jesus respondeu: «Por que vocês têm medo, homens de pouca fé?» E, levantando – se, ameaçou os ventos e o mar, e tudo ficou calmo. 27 Os homens ficaram admirados e disseram: «Quem é esse homem, a quem até o vento e o mar obedecem?»”   Mt 8, 23 – 27

Bom meus amados por hoje ficamos assim! Rs
Mas em breve tem mais!
Fiquem com Deus.

A fonte que usamos  outras dinâmicas super legais!
Fonte: http://www.catequisar.com.br/texto/dinamica/volume02/80.htm

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑