O sacrifício de Abrão

Abraão tomou a lenha do sacrifício e colocou-a sobre os ombros de seu filho Isaac. Tomou na mão o fogo e o cutelo, e foram ambos juntos. Ora, Isaac, carregando a lenha para o próprio holocausto, é uma figura de Cristo carregando sua cruz. No entanto levar a lenha para o holocausto é ofício de sacerdote. Torna-se então ele mesmo a vítima e o sacerdote. O que se segue: e foram ambos juntos refere-se a essa realidade, porque Abraão, como sacrificador, leva o fogo e o cutelo; mas Isaac não vai atrás e sim a seu lado, para que se veja que, juntamente com ele, exerce igual sacerdócio. Continue lendo “O sacrifício de Abrão”

Como combater as distrações durante a oração?

Embora não seja desejável, a distração é uma realidade na vida de todo cristão. Já se sabe que mesmo a oração feita de maneira distraída possui valor diante de Deus. Contudo, ela não propicia que a pessoa avance na vida de santidade e adentre outras moradas. A luta de todos deve ser, portanto, para combater a distração e assim auferir dela a refeição da alma, como ensina Santa Teresa d’Ávila. Continue lendo “Como combater as distrações durante a oração?”

Ainda vale a pena ler “A Imitação de Cristo”?

Queridos e queridas, você já deve ter escutado falar, ou já deve ter recebido como indicação de leitura o livro ‘Imitação de Cristo’, se não ouviu ou algo do tipo talvez mude de ideia neste momento e assim que acabar a leitura desta matéria já vá correndo pra ler.

Bom, trouxemos aqui um texto do padre Paulo Ricardo sobre isso, se ainda vale a pena ler este livro. Vem ver! Continue lendo “Ainda vale a pena ler “A Imitação de Cristo”?”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑