São Sebastião – 20 de Janeiro

Exibindo IMG-20160115-WA0011.jpgExibindo IMG-20160115-WA0011.jpgIMG-20160115-WA0011.jpg
São Sebastião nasceu na cidade de Narbona, na França, em 256 d.C. Seu nome de origem grega, Sebastós, significa divino, venerável. São Sebastião, desde cedo, foi muito generoso e dado ao serviço. Recebeu a graça do santo batismo e zelou por ele em relação à sua vida e à dos irmãos. Ainda pequeno, sua família mudou-se para Milão, na Itália, onde ele cresceu e estudou. Sebastião optou por seguir a carreira militar de seu pai. Continue lendo “São Sebastião – 20 de Janeiro”

Bem vindo, 2016!

Olá amigo Pascom, tudo bem?

      Mudança de ano nos faz pensar também em mudança de vida! Que os erros que cometemos durante esse ano passado mudem e se transformem em ensinamentos para que não possamos cometê-los em 2016.Que o ano Santo da Misericórdia, proposto pela nossa Igreja católica, através de nosso querido Papa Francisco, possa atingir o fundo dos nosso coração para que possamos ver o nossos irmãos e a nos mesmo com olhos de ternura pautada na vontade de amar cada dia mas o nosso próximo. Sempre pulsando no coração de Cristo,que e o verdadeiro Deus de misericórdia que nos amar incondicionalmente, independente das nossas limitações.  Um feliz ano repleto de muita luz, fé, paz e principalmente o amor de Deus derramado no mundo inteiro e Nossa Senhora possa cobrir com seu manto os caminhos da nossa Igreja, vida,estória, trabalho,estudos,etc,pois quando Mãe solicitar ao seu filho ele sempre atende peçamos sempre como filhos de coração sinceros. esses são os votos do seminarista, servo e amigo:                                                              Josimar Soares da silva.

Que essa imagem do corcovado na virada de ano, não fique em nossa memória, mas penetre o mais fundo , no mais íntimo do nosso coração, do nosso ser!
O ano Santo da Misericórdia, nosso Deus misericordioso não excluí ninguém!

FB_IMG_1451755139469

    Desejamos a você  um santo e abençoado ano, que Deus o fortaleça, fortifique e abençoe. Muitas bençãos para você e sua família. Lembre-se que Deus te ama e estará sempre com você. Dedique-se  mais tempo a Ele, reze mais, leia mais a Bíblia, participe da Santa Missa, mantenha as confissões em dia.  Que neste ano você possa ser um novo homem, uma pessoa renovada no amor de Deus. Um ótimo ano para nós!

São os votos da Equipe PascomSB , Paróquia São Benedito – Pilares

Um abraço fraterno,

Equipe Pascom SB

Santa Edwiges, rogai por nós!

arquidiocesecampinas.com

Edwiges nasceu em 1174, na Bavária, Alemanha. Ainda criança, já mostrava mais apego as coisas espirituais do que às materiais, apesar de dispor de tudo o que quisesse comprar ou possuir. Em vez de divertir-se em festas da Corte, preferia manter-se recolhida para rezar.

Aos 12 anos, como era convencionado nas casas reais, foi dada em casamento a Henrique I, duque da Silésia e da Polônia. Ela obedeceu aos pais e teve com o marido sete filhos. Quando completou 20 anos, e ele 34, sentiu o chamado definitivo ao seguimento de Jesus. Conversou com o marido e decidiram manter, dentro do casamento, o voto de abstinência sexual.

Edwiges entregou-se, então, à piedade e caridade. Guardava uma pequena parte de seus ganhos para si e o resto empregava em auxílio ao próximo. Quando descobriu que muitas pessoas eram presas porque não tinham como saldar suas dívidas, passou a ir pessoalmente aos presídios para libertar tais encarcerados, pagando-lhes as dívidas com seu próprio dinheiro. Depois, ela também lhes conseguia um emprego, de modo que pudessem manter-se com dignidade.

Construiu o Mosteiro de Trebnitz, na Polônia, ajudou a restaurar os outros e mandou erguer inúmeras igrejas. Desse modo, organizou uma grande rede de obras de caridade e assistência aos pobres. Além disso, visitava os hospitais constantemente, para, pessoalmente, cuidar e limpar as feridas dos mais contaminados e leprosos. Mas Edwiges tinha um especial carinho pelas viúvas e órfãos.

Veio, então, um período de sucessivas desventuras familiares. Num curto espaço de tempo, assistiu à morte, um a um, dos seus seis filhos, ficando viva apenas a filha Gertrudes. Em seguida, foi a vez do marido. Henrique I fora preso pelos inimigos num combate de guerra e, mesmo depois de libertado, acabou morrendo, vitimado por uma doença contraída na prisão.

Viúva, apesar da dura provação, Edwiges continuou a viver na virtude. Retirou-se e ingressou no convento que ela própria construíra, do qual a filha Gertrudes se tornara abadessa. Fez os votos de castidade e pobreza, a ponto de andar descalça sobre a neve quando atendia suas obras de caridade. Foi nessa época que recebeu o dom da cura, e operou muitos milagres, em cegos e outros enfermos, com o toque da mão e o sinal da cruz.

Fonte do texto: Site Paulinas

Abraço fraterno,

Equipe PascomSB

Com fama de santidade, Edwiges morreu no dia 15 de outubro de 1243, no Mosteiro de Trebnitz, Polônia. Logo passou a ser cultuada como santa, e o local de sua sepultura tornou-se centro de peregrinação para os fiéis cristãos. Em 1266, o papa Clemente IV canonizou-a oficialmente. A Igreja designou o dia 16 de outubro para a celebração da sua festa litúrgica. O culto a santa Edwiges, padroeira dos pobres e endividados, é muito expressivo ainda hoje em todo o mundo católico e um dos mais difundidos do Brasi

São Pio de Pietrelcina (Pe. Pio)

São Pio de Pietrelcina (Pe. Pio)

Fica comigo, Senhor, pois preciso da tua presença para não te esquecer. Sabes quão facilmente posso te abandonar.
Fica comigo, Senhor, porque sou fraco e preciso da tua força para não cair.
Fica comigo, Senhor, porque és minha vida, e sem ti perco o fervor.
Fica comigo, Senhor, porque és minha luz, e sem ti reina a escuridão.
Fica comigo, Senhor, para me mostrar tua vontade.
Fica comigo, Senhor, para que ouça tua voz e te siga.
Fica comigo, Senhor, pois desejo amar-te e permanecer sempre em tua companhia.
Fica comigo, Senhor, se queres que te seja fiel.
Fica comigo, Senhor, porque, por mais pobre que seja minha alma, quero que se transforme num lugar de consolação para ti, um ninho de amor.
Fica comigo, Jesus, pois se faz tarde e o dia chega ao fim; a vida passa, e a morte, o julgamento e a eternidade se aproximam. Preciso de ti para renovar minhas energias e não parar no caminho.
Está ficando tarde, a morte avança e eu tenho medo da escuridão, das tentações, da falta de fé, da cruz, das tristezas. Oh, quanto preciso de ti, meu Jesus, nesta noite de exílio.
Fica comigo nesta noite, Jesus, pois ao longo da vida, com todos os seus perigos, eu preciso de ti.
Faze, Senhor, que te reconheça como te reconheceram teus discípulos ao partir do pão, a fim de que a Comunhão Eucarística seja a luz a dissipar a escuridão, a força a me sustentar, a única alegria do meu coração.
Fica comigo, Senhor, porque na hora da morte quero estar unido a ti, se não pela Comunhão, ao menos pela graça e pelo amor.
Fica comigo, Jesus. Não peço consolações divinas, porque não as mereço, mas apenas o presente da tua presença, ah, isso sim te suplico!
Fica comigo, Senhor, pois é só a ti que procuro, teu amor, tua graça, tua vontade, teu coração, teu Espírito, porque te amo, e a única recompensa que te peço é poder amar-te sempre mais.
Como este amor resoluto desejo amar-te de todo o coração enquanto estiver na terra, para continuar a te amar perfeitamente por toda a eternidade.

Amém!

A Paz,

Equipe Pascom SB

“É o Senhor que Sustenta a minha vida!” (Sl 53)

    Se eu pudesse perguntar a vocês um exemplo ou algo que pudesse me contar da vida de vocês que ficou bem nítido neste refrão, muitos teriam algo a dizer. Momento em que passamos e que hoje podemos expressar aquilo que diz o Salmo, ou seja, momento em que passei na minha vida eu que eu hoje posso dizer: “É o Senhor que sustentou a minha vida! É o Senhor que sustenta a minha vida até hoje ”.

Não importa a tribulação que você esteja passando, É O SENHOR QUE SUSTENTA A SUA VIDA! E irá sustentar pra sempre!

[…]

Na “segunda parte” do Evangelho de hoje, Jesus pergunta: “o que vocês estão discutíeis pelo caminho?” Eles não falam nada. Mas nosso Senhor já sabe o que esta acontecendo, já sabe que entre eles estavam discutindo quem seria o maior.

Nosso Senhor conhece profundamente o coração daqueles homens, como conhece também o seu coração! Mesmo sem dizermos nada! Ele sabe o que está se passando agora em seu coração. Aquilo que você trouxe para ele hoje, a situação da sua casa Ele sabe perfeitamente.

Não ache que sua oração não esteja sendo ouvida por Jesus, pelo contrário, Nosso Senhor Sabe inclusive quando não se fala “nada”! Os discípulos não falaram nada, mas o Senhor sabia o que estava passando no coração deles.

[…]

Somos chamados a termos um espirito de serviço! Todas as pastorais, a Paroquia de São Benedito, os padres tem que se mostrar serviço! É para isso que nós somos chamados. Seja para servir como padre, como freira, como leigo consagrado, seja para servir um ao outro no matrimônio que só dá certo quando percebo que tenho que servir meu esposo, minha esposa.

“Se alguém quiser ser o primeiro, que seja o último de todos e aquele que serve a todos!” Mc 9, 35

Que durante esta semana, a nossa oração seja o refrão do salmo de hoje: “ É o Senhor que sustenta a minha vida!”

A paz,

Equipe Pascom SB

*Partes da homilia Padre Thiago na Santa Missa das 7h do dia 20 de setembro de 2015.

Sementes de fé – 2ª Temporada

Olá amigo Pascom,

Queremos hoje convidar você para assistir os nossos videos  no canal Pascom São Benedito no youtube, link aqui: Canal Pascom  para facilitar e poder receber no seu e-mail todas as novidades de “primeira mão” basta clicar em inscrever-se.  Venha compartilhar nossos vídeos, para esse projeto contaremos com a ajuda dos padres de nossa Paróquia e seminaristas.  Continue lendo “Sementes de fé – 2ª Temporada”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑