A finalidade da consagração a Nossa Senhora

Longe de ser uma pura exterioridade, feita às pressas e sem o devido discernimento, a consagração à Virgem Maria é um ato que chega até as raízes de nossa vida cristã, porque o seu fim não é outro que o propósito mesmo pelo qual fomos criados e redimidos: unir-nos a Cristo e, por ele, à Santíssima Trindade. De modo que, sem a disposição interior de ser todo de Cristo pelas mãos de Maria, a nossa consagração se torna “letra morta”, como uma figueira ressecada. Continue lendo “A finalidade da consagração a Nossa Senhora”

A Virgem Maria no mistério de Jesus Cristo, o Filho de Deus, a sua participação na obra da salvação.

Esse é o tema de hoje! 

Na Santíssima Virgem Maria realizou-se o mistério da Encarnação de Jesus Cristo, o Verbo eterno de Deus. Deus Pai enviou ao mundo o seu Filho Unigênito por Maria, a Virgem de Nazaré. Somente Nossa Senhora encontrou graça diante de Deus pela força das suas orações e pela grandeza das suas virtudes. Santo Agostinho nos ensina que, “não sendo o mundo digno de receber o Filho de Deus diretamente das mãos do Pai, este O deu a Maria, para que os homens O recebessem por Ela” (TVD 16). O Filho de Deus se fez homem, para nos salvar, em Maria e por Maria. Deus Espírito Santo formou Jesus Cristo em Maria, mas só depois de pedir o seu consentimento através do Arcanjo São Gabriel (cf. Lc 1, 26-38). Deus Pai, para dar a Nossa Senhora o poder de gerar o seu Filho Jesus Cristo e todos os membros do seu Corpo Místico, comunicou-lhe a sua fecundidade, na medida em que uma simples criatura a podia receber. Continue lendo “A Virgem Maria no mistério de Jesus Cristo, o Filho de Deus, a sua participação na obra da salvação.”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑